As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Treineiro perde prova por causa da interdição da Rio-Santos

Redação

03 Janeiro 2010 | 13h37

Inscrito na segunda fase da Fuvest, Marcos Broge Ciardullo, de 17 anos, perdeu a prova deste domingo por causa das enchentes que causaram tragédias no Rio e em São Paulo na virada do ano. Treineiro na área de Biológicas, Marcos saiu de Paraty, litoral sul do Rio, na sexta-feira à noite, mas só chegou ao câmpus da Unip no Paraíso, zona sul de São Paulo, às 13h14 (os portões fecharam às 13 horas).
Marcos e mãe, Fabíola, pegaram a Rodovia Rio-Santos interditada. “Tinha uma pedra no meio da estrada”, disse o treineiro. Eles tiveram de parar em Ubatuba, litoral norte paulista, e reiniciaram a viagem de madrugada, às 3 horas. “A estrada para São Paulo estava interditada por causa da inundação em São Luís de Paraitinga. Tentamos caminhos alternativos, mas tivemos de dar uma volta muito grande e não deu tempo de chegar”, disse Fabíola.
Por ser treineiro, Marcos não ficou tão preocupado. “Como não estou disputando vaga, vou prestar os outros exames da segunda fase normalmente.”
“Ainda bem que aconteceu este ano”, afirmou Fabíola. “Aprendemos a lição.”