Anhembi Morumbi participa de organização de simpósio na Alemanha
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Anhembi Morumbi participa de organização de simpósio na Alemanha

Redação

01 Setembro 2010 | 15h06

Por Carlos Lordelo

Iserlohn, Alemanha. É nessa pequena cidade de 100 mil habitantes que será realizado, nos próximos dois dias, o Campus Symposium. O evento contará com a presença do ex-vice-presidente dos Estados Unidos e Prêmio Nobel da Paz, Al Gore. Com o tema central “Sustentabilidade: realidade societária ou ilusão verde”, a conferência está sendo organizada com a ajuda de uma equipe de voluntários, como as brasileiras Ligia Shimizu e Andrea Nakane, aluna e professora, respectivamente, da Universidade Anhembi Morumbi.

A sede do evento é a Business Information Technology School, universidade particular integrante da Laureate International Universities, assim como a Anhembi Morumbi. O convite à instituição brasileira se deu por causa dessa rede internacional de ensino. Alunos e professores de universidades no México e na Turquia também estão entre os convocados para trabalhar na comissão do simpósio.

“Estamos aqui faz uma semana e já conhecemos todas as pessoas envolvidas na organização do evento, que são estudantes da universidade e voluntários”, explica Andrea, coordenadora do curso de Turismo da Anhembi Morumbi. “Nossa colaboração não foi com o planejamento do simpósio. O trabalho é mais simples, na parte logística: forrar o chão com carpete, colocar capas nas cadeiras e carregar caixas de material promocional, por exemplo. Atividades que contribuem para o sucesso do evento.”

Jardim do câmpus onde será o simpósio

Jardim do câmpus onde será o simpósio

A conferência deve atrair, a cada dia, cerca de 1,5 mil participantes. O principal palestrante será Al Gore, que falará sobre o tema “Pensando Verde”. A apresentação terá transmissão ao vivo nesta sexta-feira, 3, nos cinco câmpus da Anhembi Morumbi, ao meio-dia. O Campus Symposium existe desde 2005 e já reuniu, em edições anteriores, líderes e personalidades mundiais como o ex-presidente americano Bill Clinton e o ex-secretário geral da ONU Kofi Annan.

Para a professora da Anhembi Morumbi, o intercâmbio na Alemanha está servindo para comprovar que o Brasil, principalmente São Paulo, não deixa nada a desejar na organização e planejamento de eventos de grande porte. “Estamos numa sintonia bem próxima ao que está sendo feito em um mercado importante como o alemão”, afirma Andrea. “Em alguns aspectos, estamos inclusive à frente. Talvez por essa questão cultural de buscar soluções para diversas situações que se apresentam ao longo da organização.”

Aluna do 2º semestre do curso de Tecnologia em Eventos da Anhembi Morumbi, Ligia Shimizu, de 19 anos, classifica a oportunidade como “incrível”. “No segundo dia, o CEO do evento promoveu um encontro com os voluntários para falar sobre a organização. A conversa durou a noite inteira, e eu também pude contribuir com minhas observações sobre como uma conferência desse porte funcionaria no Brasil.” Como parte do intercâmbio, a dupla brasileira terá de apresentar o projeto de um evento similar ao simpósio para ser realizado aqui no País.

Andrea (à esq.) e Ligia (à dir.), com estudantes alemãs

Andrea (à esq.) e Ligia (à dir.), com estudantes alemãs

Ligia conta que já está criando um slideshow sobre a organização do evento para exibir à sua turma quando retornar ao Brasil, na próxima quarta-feira. “Voltarei com vários insights depois dessa experiência”, diz ela, que trabalha no Grand Hyatt São Paulo e coordena o comitê de sustentabilidade do hotel. “Também será importante dividir o que aprendi sobre sustentabilidade com a equipe.”

As representantes da Anhembi Morumbi estão contando suas experiências neste blog, alimentado direto da Alemanha.

Mais conteúdo sobre:

alemanhaanhembi morumbiintercâmbio