As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Reforço para o exame da OAB

Redação

31 Agosto 2009 | 14h22

Alunos de 52 faculdades de Direito terão aulas aos sábados para revisar as disciplinas exigidas no exame nacional da OAB. Criado pela Rede de Ensino LFG, o projeto OAB na Faculdade tem como objetivo reverter o baixo índice de aprovação no exame, que pela primeira vez foi aplicado em São Paulo – até 2008 o Estado aplicava uma prova regional.

A partir da parceria firmada com as instituições, a LFG rede vai ministrar aulas semanais a distância para os alunos do último ano da graduação. “As leis mudam demais, por isso é importante que eles se atualizem constantemente para entender as mudanças, revisar conceitos e receber dicas”, explica o diretor-presidente da Rede LFG, Luiz Flávio Gomes. “O aluno que não está com tudo revisado não passa. Toda mudança legislativa, por exemplo, cai no exame da OAB.”

De acordo com Gomes, o objetivo é tentar reverter o grande índice de reprovação nacional, que no último exame foi de 81%. “A nossa preocupação é buscar uma solução para o problema, em vez de apontar culpados”, afirma o diretor. Segundo ele, a mudança do exame em São Paulo, que passou a aplicar a prova nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, contribuiu para o estado ter o pior índice de reprovação de sua história na primeira fase – 88%.

“A prova nacional é mais complexa e mais difícil do que a que era aplicada em São Paulo, e os alunos sofreram o impacto. A tendência agora é que eles se acostumem e se preparem melhor para o exame, que cobra muitas leis novas e muita jurisprudência. A prova regional era mais tradicional, cobrava mais textos de lei e jurisprudência paulista”, explica o diretor.

A meta do projeto é aumentar em 50 a 70% a aprovação dos alunos na prova da primeira fase do exame. “A faculdade tem a preocupação de formar o aluno e nós nos preocupamos em treiná-los para responder as questões e passar no exame. Já conseguimos melhorar muito o índice de aprovação nas faculdades que firmaram parcerias. Em algumas delas, o índice dobrou”, avalia Gomes. Para ele, a OAB na Faculdade pode ainda ajudar os alunos a obter notas mais altas no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

O curso OAB semanal será ministrado aos sábados, das 8h às 14h e terá aproximadamente 144 horas/aula com as disciplinas exigidas nos exames da OAB, entre elas as mais recentes: Direito Ambiental, Direito do Consumidor, Direito Internacional, Estatuto da Criança e do Adolescente e Ética Profissional.

Além disso, haverá 39 horas/aula semanais destinadas ao Curso de Resolução de Questões. Para informações sobre as faculdades participantes em todo o País, o telefone é (11) 2121-4933.