As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quesito sobre religião e café chama atenção de candidatos

Redação

22 Outubro 2011 | 17h51

* Por Angela Lacerda

RECIFE – Uma das questões mais comentadas na saída da prova do Enem em Recife fazia uma relação entre o café e a religião. A pergunta abordava a proibição do consumo de café pela religião católica na Europa até o papa Clemente VIII liberar o consumo da bebida, no século XVI. Segundo o enunciado da questão, o pontífice teria experimentado e gostado da bebida antes de liberar o consumo.

Ao final do texto, o quesito perguntava a qual religão o café estava associado, antes da aceitação pela igreja católica. Debatendo a questão, o estudante Marcelo Nascimento, de 21 anos, achou a abordagem muito interessante, mas disse ter chutado a resposta. O colega Marcilio Nobrega, de 17 anos, aposta ter acertado ao escolher o Islamismo como resposta.

Já Renato Vieira, de 17 anos, só fazia rir ao sair do exame. “A prova foi muito cansativa foi uma pilha, uma pressão” disse ele que nem lembrava o que tinha marcado em relação a essa e outras questões.  “Se amanhã for igual, estou fora da faculdade”, afirmou.

Mais conteúdo sobre:

Enem 2011provaRecife