As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prova de inglês, considerada fácil, teve questão sobre Coldplay

Redação Estadão.edu

07 Novembro 2010 | 16h54

A prova de inglês foi considerada fácil por alguns candidatos, mas há controvérsias sobre a redação. Adolfo Pena Fortes da Silva, de 17 anos, fez o Enem no câmpus Barra Funda da Uninove, zona oeste de São Paulo. Estudante do Colégio Brasília e candidato ao curso de Engenharia na Federal do ABC, Adolfo achou fáceis as cinco questões de inglês. “Não cobraram nada de gramática, só interpretação de texto”.

Já a redação, com o tema “O trabalho na construção da dignidade humana”, confundiu alguns alunos. Aline Marques, recepcionista de 18 anos, quer uma bolsa do ProUni para estudar Administração. “Foi meio complicado entender, fiquei em dúvida sobre o que escrever”. Aline falou das fábricas clandestinas, que não respeitam direitos dos trabalhadores, e da situação de brasileiros que vão ao exterior com promessa de trabalho e acabam se prostituindo.

Para o soldado da Aeronáutica Allan dos Santos da Silva, de 21 anos, também candidato a bolsa do ProUni para estudar Administração, foi interessante a questão de inglês envolvendo a mudança de computadores de mesa para aparelhos portáteis. Na redação, Silva escreveu sobre a transição do trabalho escravo para o trabalho de hoje, com regras e direitos.