As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Professores dão apoio a estudantes na véspera do Enem

Redação

22 Outubro 2011 | 12h59

* Por Tatiana Fávaro

CAMPINAS – Os sinos do Colégio Liceu Salesiano Nossa Senhora Auxiliadora badalaram ao meio-dia, hora na qual foram abertos os portões da escola, uma das 18 a receber os 22.279 inscritos no município para o Enem. Os menos ansiosos aproveitaram o esvaziamento em frente ao colégio e buscaram uma sombra para relaxar nos minutos restantes antes da prova deste sábado, que começa às 13h.

“Cheguei mais de meia hora antes para dar tempo de baixar a ansiedade”, disse o estudante Bruno Miguel Figueiredo, de 20 anos. Aluno do cursinho Máximo, em Barão Geraldo, o português radicado no Brasil há 11 anos prepara-se para disputar uma vaga no curso de Relações Internacionais em três universidades brasileiras, uma delas pública. “Me sinto preparado para o Enem.” Ele está confiante para os testes deste sábado, que envolvem 45 questões de Ciências Humanas e outras 45, de Ciências da Natureza.

Junto a colegas e professores do cursinho, e sob a sombra de uma árvore em frente ao colégio, Figueiredo aguardava a maioria dos candidatos entrar. Enquanto isso, conversava com o professor de matemática José Luis Domingues de Faria. “Viemos dar apoio aos nossos alunos. A presença de um professor, não para falar de matéria, mas para bater papo, nos deixa mais relaxados e seguros”, disse o docente. “Esperamos um Enem com menos erros, um exame que atenda às expectativas dos nossos alunos.”

Mais conteúdo sobre:

campinasenemEnem 2011