As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Professores apontam erros em mais 2 questões

Redação

06 Dezembro 2009 | 22h53

Professores de cursinhos apontaram problemas em pelo menos duas questões da prova do Enem de ontem, além do item anulado pelo Ministério da Educação no exame de Linguagens. O MEC ainda não se pronunciou a respeito.
O professor de Português do Objetivo Nelson Dutra defendeu a anulação de uma questão de Linguagens baseada no poema “Canção do vento e da minha vida”, de Manuel Bandeira. O enunciado pedia ao aluno que destacasse uma característica da construção do poema. A alternativa correta, pelo gabarito oficial, é a que menciona “a repetição de sons e de construções sintáticas semelhantes”. Para Dutra, porém, também é válida a alternativa que cita “a construção de oposições semânticas”.
Professores do Objetivo e do Cursinho da Poli levantaram dúvidas sobre uma questão de geometria que pedia ao lado que fizesse a intersecção de um plano imaginário, levando em conta uma escultura de Emanuel Araujo. Segundo eles, não havia uma resposta correta e a figura apresentada era ruim.
“Está inconsistente, tem de se fazer uma série de suposições para chegar à resposta”, afirmou o coordenador de Matemática do Objetivo, Giuseppe Nobilioni.
O professor do Cursinho da Poli Eduardo Izidoro Costa concordou. “A questão está mal elabdorada e não dá para concluir a resposta, está duvidosa.”