As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Professor de rua ensina matemática à porta de universidade

Redação Estadão.edu

07 Novembro 2010 | 13h30

A poucos minutos do começo da prova do Enem neste domingo, dezenas de pessoas rodeavam um professor de matemática que trouxe seu próprio quadro e dava aulas na calçada, próximo ao câmpus Barra Funda da Uninove, zona oeste de São Paulo.

Márcio Barbosa, de 51 anos, diz ser conhecido como “Mab Cálculo” nas ruas e praças da cidade. Ele dá aulas gratuitas, mas vende a R$ 20 um DVD, “Descomplicando a Matemática”, com cenas dele em programas de TV. “Hoje vendi 70 cópias, mas é pouco”, afirma. “A moçada do vestibular só traz dinheiro suficiente para comprar água”. Barbosa conta que é formado em Engenharia Civil pela UFMG e dá aulas na rua há 3 anos.

No quadro, Márcio desenhou um retângulo de um metro por meio metro e dava lições, com uma calculadora à mão apenas para mostrar que seus cálculos estão corretos. “Ensino a calcular raiz quadrada de 1 a 1 milhão, raiz cúbica de 1 a 1 bilhão, e a decorar toda a tabuada em 5 segundos”, promete.

Caio Túlio Duarte, estudante de 20 anos do Poliedro, é mais cético. “É uma abordagem interessante como passatempo”, diz Caio, “pra quem já domina outras técnicas. Mas ele complementa; não ensina”.