As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pesquisadora brasileira ganha prêmio por inovação pedagógica

Redação

19 Agosto 2010 | 19h53

A professora Léa da Cruz Fagundes foi a primeira brasileira a ser premiada pela Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e pela Fundação Telefônica, na terceira edição do Prêmio Internacional de Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Léa é doutora em Psicologia Escolar e Desenvolvimento Humano no campo da educação na era digital, além de docente no programa de pós-graduação de Informática na Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), coordenadora de pesquisa no Laboratório de Estudos Cognitivos da UFRGS e assessora do MEC.

O prêmio procura destacar as trajetórias mais relevantes por seu valor na inovação pedagógica, através da incorporação das TIC, contribuindo de forma substancial para a melhoria da qualidade da educação. São destacadas tanto organizações e empresas como pessoas da região ibero-americana.

Para a premiação, são considerados o nível de projeção nacional ou internacional, a adequação da trajetória ao objetivo de integrar as TIC na educação e os projetos de investigação teórica ou experimental relacionados a essa temática.

Mais conteúdo sobre:

brasileiraOEIprêmioTelefônica