Pegando pesado na reta final
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pegando pesado na reta final

Redação

17 Setembro 2009 | 08h05

“No último fim de semana fiz um simulado do Enem na escola. Fui bem, mas acho que ainda dá para melhorar. Senti um pouco de cansaço no meio da prova, principalmente no segundo dia, quando fiz prova de português e matemática. Achei estranho, porque tenho mais facilidade em matemática. Mas 45 questões, até quem gosta de matemática enjoa um pouco.

O simulado ajuda em tudo, porque um dos meus maiores problemas é tempo. Para não demorar muito em cada questão, para lutar contra o relógio, tem que ter treino.

Esta semana também senti a proximidade das provas. Falta dois meses e meio para a Fuvest e pouco mais de 15 dias para o Enem. Por isso, resolvi pegar um pouco mais pesado. Comecei a estudar também aos domingos e estou tirando mais dúvidas durante as aulas.

Descansar aos sábados é mais gostoso que no domingo, porque você estuda a semana toda e aí é bom ter uma pausa no sábado. E o bom de estudar no domingo é que já começo a segunda-feira aquecida para a semana.

O curso de desenho geométrico para a prova específica de Arquitetura também está ficando mais puxado. As aulas estão bem mais difíceis, mas estou aprendendo métodos de desenho de perspectiva, e depois que eu pegar o jeito isso vai facilitar muito na hora de resolver as questões para fazer sem perder tempo, com foco.

A maior parte dos alunos do cursinho já concluiu o ensino médio. Eles ficam brincando com a gente que ainda está no terceiro ano que eles tem direito de passar primeiro. Apesar de ser brincadeira, acaba sendo uma pressão a mais, né?

Fazer cursinho tem sua vantagens, pois os professores sempre dão várias dicas e tem mais simulados, mas prefiro ter a tarde livre para estudar. Acho que rende mais do quem tem aula o dia inteiro, na escola de manhã e no cursinho à tarde.”