As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem teve aula de língua estrangeira, vai de inglês; quem não teve, vai de espanhol

Redação Estadão.edu

23 Outubro 2011 | 13h34

*Por Mariana Mandelli

SÃO PAULO – O estudante Diego Ferraz Nazaré, de 16 anos, no 2.° do ano do ensino médio, decidiu prestar o Enem este ano apenas para conhecer a prova. O treineiro pretende tentar uma vaga em Engenharia Mecânica, no próximo ano, em alguma universidade federal por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Para o Enem deste ano, o candidato escolheu como língua estrangeira o inglês. Ele acredita que a prova vai exigir apenas conhecimentos básicos. ” Como tenho aulas do idioma desde a 5.ª série, escolhi inglês. Acho que não vão cobrar conhecimentos mais avançados.”

Já Gilcleine Barbosa, de 17 anos, aluna do 3.º ano do ensino médio, optou pelo espanhol por achar que, mesmo sem ter estudado a fundo o idioma, terá mais facilidade na interpretação das questões. “Sei falar um pouco, estudei com uma prima que é fluente e ela me ajudou.”