As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Oliva vence eleição; Rodas e Corbani completam lista tríplice

Redação

11 Novembro 2009 | 19h06

O diretor do Instituto de Física de São Carlos, Glaucius Oliva, venceu a eleição para reitor da USP. Ele foi o mais votado no terceiro escrutínio da eleição realizada esta tarde no Memorial da América Latina e encabeça a lista tríplice que será encaminhada ao governador José Serra, que tem ainda os nomes do diretor da Faculdade de Direito, João Grandino Rodas, e do pró-reitor de Pós-Graduação, Armando Corbani. Serra tem o poder de escolher qualquer nome da lista para comandar a USP, mas normalmente o governador referenda a decisão do colégio eleitoral da universidade.
Oliva também venceu os dois primeiros escrutínios da eleição para reitor, com 151 e 162 votos, respectivamente, mas não conseguiu alcançar a maioria absoluta (164 votos). Isso exigiu a realização do terceiro escrutínio, que prevê maioria simples para determinar a composição da lista tríplice.
De um total de 325 professores, alunos e funcionários com direito a voto, 274 compareceram à eleição. O índice de abstenção foi de 15,7%.
O segundo turno da eleição para reitor estava previsto para terça-feira. Mas uma manifestação comandada pelo Sindicato dos Trabalhadores da USP bloqueou o acesso dos eleitores ao prédio da reitoria. Com isso, a direção da universidade decidiu promover a eleição fora do câmpus, no Memorial. Manifestantes ligados ao Sintusp tentaram novamente impedir a realização do pleito, mas foram contidos pelo esquema de segurança montado pela Polícia Militar.