As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ocupação é assunto da reitoria da USP, diz diretora da FFLCH

Redação Estadão.edu

28 Outubro 2011 | 17h53

A diretora da FFLCH, Sandra Margarida Nitrini, disse ao Estadão.edu que qualquer pronunciamento sobre a ocupação do prédio da diretoria da faculdade deve ser feito pela “Assessoria de Imprensa da USP”, órgão da reitoria da universidade. “As minhas obrigações como diretora da unidade foram cumpridas. Sobre o resto, não me proponho a fazer nenhuma declaração”, afirmou, irritada, ao telefone.

O edifício da administração da FFLCH foi ocupado na madrugada desta sexta-feira por estudantes. Eles dizem que só vão sair do prédio quando a reitoria revogar o convênio com a secretaria estadual da Segurança Pública para reforçar o policiamento no câmpus da Cidade Universitária, na zona oeste de São Paulo.

Mais cedo, o reitor João Grandino Rodas tinha informado, por meio de sua Assessoria de Imprensa, que a desocupação do prédio terá de nascer de pedido da diretoria da própria FFLCH. Procurado pelo Estadão.edu, Rodas não deu entrevista.

Siga o ‘Estadão.edu’ no Twitter

Mais conteúdo sobre:

FFLCHusp