As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No Paraíso, oriental entra e menina de rabo-de-cavalo fica de fora

Redação Estadão.edu

22 Outubro 2011 | 13h05

* Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

Tensão e agitação no Paraíso, zona sul de São Paulo. “Três minutos!”, exclama um segurança. Um candidato chega correndo pela Rua Vergueiro. “Dois minutos pra chegar lá!”, berra o segurança.

Vários alunos se confundiram com o câmpus da Unip da Apeninos e tiveram de sair correndo da Vergueiro, também local do Enem. “Vai pessoal, corre.” Uma garota chega esbaforida, segurando a bolsa.

Os portões fecham. Soa um alarme. Na verdade, ainda há tempo para um candidato oriental de camisa rosa, que  é o último a entrar. Primeira a ficar de fora é uma moça morena de rabo-de-cavalo e óculos escuros (item probido pelo edital).

Mais conteúdo sobre:

enemEnem 2011