As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ministro da Irlanda vem ao Brasil tentar atrair estudantes para universidades

Redação Estadão.edu

15 Outubro 2013 | 16h15

O ministro da Educação da Irlanda, Ruairí Quinn, vem ao Brasil nesta semana com objetivo de tentar atrair estudantes brasileiros para universidades do país europeu. No total, 29 companhias irlandesas estarão presentes em uma comitiva com mais de 70 participantes. A delegação que acompanha o ministro inclui 14 instituições de ensino superior.

O Brasil é considerado mercado prioritário para a Irlanda, sendo o foco número um na América Latina para os exportadores irlandeses. De acordo com dados da Enterprise Ireland, órgão do governo irlandês, somente em 2013, 1,2 mil estudantes brasileiros foram para a Irlanda participar do programa Ciências Sem Fronteiras.

A Missão Irlandesa acontece de 19 a 26 de outubro, período em que ocorre o Salão do Universitário, em São Paulo, e o Futurecom, evento de TI e Telecom, no Rio. Na agenda de Ruairí Quinn estão previstas reuniões com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, com as agências de financiamento do Ciências sem Fronteiras, além de palestra na Universidade de São Paulo (USP).

De acordo com o ministro irlandês, é prioridade ampliar o número de estudantes internacionais na Irlanda. O Brasil rapidamente se tornou um dos principais mercados para nós, passando de cerca de 120 estudantes de graduação e pós-graduação em 2012 para 1,2 mil neste ano. Minha expectativa é que ultrapassemos os 2 mil em 2014”, afirma o ministro, em nota.