As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mercado de canetas pretas em viés de baixa

Redação Estadão.edu

23 Outubro 2011 | 12h19

*Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

SÃO PAULO – O mercado de caneta pretas diante do câmpus da Unip Paraíso, zona sul de São Paulo, ganhou um novo player, mas a demanda caiu dramaticamente. A vendedora Rosana, que ontem vendeu 140 canetas, tinha vendido até as 11h52 deste domingo apenas três. Wesley Souza, que ontem vendeu 79 canetas, tinha vendido apenas uma até o mesmo horário.

Alexandre, um jovem de boné azul, percebeu a demanda no ontem próspero mercado e armou barraquinha hoje perto da Unip. Mas o investimento não tem sido frutífero. Alexandre vendeu até agora “cerca de três” canetas.