As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maioria dos 30 ausentes na PUC-PR reclama de ônibus

Redação Estadão.edu

23 Outubro 2011 | 13h51

*Por Evandro Fadel

CURITIBA – Trinta estudantes, de acordo com informação da coordenação, que tinham feito as provas do Enem no sábado deixaram de comparecer às provas hoje (23) no câmpus da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), no Bairro Prado Velho, em Curitiba. A PUC concentrou o maior número de estudantes de Curitiba, com mais de 13 mil. A maioria dos que chegaram atrasados reclamou dos ônibus. Um grupo com aproximadamente 20 estudantes chegou no mesmo veículo, vindo da Vilas Oficinas.

“Era para sair às 12h25 e saiu somente às 12h45”, reclamou Fabiano Leite da Silva, que pretende fazer o vestibular para Design Gráfico, na Uniandrade, em Curitiba. O ônibus chegou às 13 h no ponto da PUC. Mesmo correndo, eles não conseguiram pegar os portões das salas abertos. “Eu não vou mais fazer o vestibular”, revoltou-se outro que
preferiu se identificar como “estudante frustrado”. Ele disse que tentaria Engenharia Ambiental na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

“As portas sempre se fecham para mim”, desconsolou-se Janaína Pinheiro. No ano passado, ela disse que não deu tempo de preencher o cartão de respostas no primeiro dia e acabou não comparecendo no segundo. “Queria a nota do Enem para tentar alguma coisa, mas agora não vou estudar mais, vou só trabalhar”, afirmou.

Mais conteúdo sobre:

CuritibaenemEnem 2011