As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Grandes desafios do mundo é pauta na Singularity

Redação

17 Julho 2012 | 21h04

KarlaLopez__1_.jpg

Mais uma atividade interessante que eu – como vencedora do Call to Innovation, promovido pela FIAP em parceria com a Singularity University – experimento aqui nos Estados Unidos. Esta primeira semana de palestras foi de sessões introdutórias às trilhas acadêmicas da SU. Além de conhecer e conversar com os responsáveis pelas cadeiras por cada trilha, outros experts de cada uma delas também vieram ao câmpus, localizado aqui na NASA, mostrar os últimos avanços em pesquisas e novas aplicações reais para tecnologias exponenciais.

A segunda semana foi dedicada aos Grandes Desafios propostos pela universidade: energia, meio-ambiente, água, saúde global, segurança, educação, pobreza e comida. Painéis diários com pessoas que trabalham nessas áreas trouxeram aos alunos uma boa ideia da situação atual de cada um desses desafios em todo mundo.

As sessões de convergência, em que o conhecimento apresentado é estimulado a tornar soluções em fatos reais, permeiam essa segunda semana e ganham força na semana seguinte, nos preparando para a primeira fase da avaliação da Singularity University: as apresentações Ignite.

Em uma apresentação Ignite, o palestrante tem 5 minutos para se expressar usando 20 slides que avançam automaticamente a cada 15 segundos. A intenção é “inflamar” os espectadores e estimular o debate e a ação em cima do assunto abordado. O pedido aos alunos foi: escolha um assunto pelo qual você seja pessoalmente apaixonado e faça um link com as tecnologias exponenciais.

As 80 apresentações, uma por aluno, aconteciam simultaneamente em três salas diferentes, das 9 da manhã às 17h. Em cada sala, um grupo de 4 ou 5 professores dava feedback ao final de cada sessão.

A minha apresentação foi sobre internet e aprendizagem em rede. Entre as minhas sessões preferidas foram “Redes: Como métricas afetam a forma como demos o mundo”, de Jessica Richman, e “Home Care inteligente para terceira idade”, de Yiqing Liang, mas a ganhadora unânime foi a do brasileiro Tiago Mattos sobre “O Abraço: A tecnologia exponencial da empatia”. Tiago, que é do Rio Grande do Sul, fez sua brilhante apresentação vendado.