Fuvest divulga gabaritos oficiais do vestibular 2020; confira
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fuvest divulga gabaritos oficiais do vestibular 2020; confira

Prova é a principal porta de entrada na USP, com 8.317 vagas; outras 2.830 serão disponibilizadas pelo Sisu, com a nota do Enem

Redação Estadão.edu

25 de novembro de 2019 | 09h03

SÃO PAULO – A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulgou na manhã desta segunda-feira, 25, os gabaritos oficiais do vestibular 2020, principal acesso à Universidade de São Paulo (USP).

.

A prova deste domingo, 24, foi marcada pela abordagem de problemas sociais da atualidade e pelo alto nível de exigência na área de Exatas. Entre os assuntos cobrados estavam as queimadas na Amazônia, o incêndio no Museu Nacional, no Rio, e a aproximação diplomática entre o Brasil e os Estados Unidos. Também chamou a atenção questões com teor interdisciplinar.

Para os candidatos da Fuvest, as questões de Exatas exigiram domínio de fórmulas e exploraram menos questões teóricas (Foto: Felipe Resk/Estadão)

Neste ano, 129 mil candidatos se inscreveram para realizar a prova em 35 cidades em todo o País.

Segundo candidatos ouvidos pelo Estado, embora a prova não tenha feito citações diretas ao governo Jair Bolsonaro, foram abordados temas sensíveis ao Brasil neste ano.

Em Geografia, além das queimadas na Amazônia, foram abordados os conflitos na Síria e discutido o processo de gentrificação, a partir da experiência em Barcelona, na Espanha. A prova não abordou diretamente a crença do terraplanismo, mas trouxe em uma questão um mapa da Terra de 1545.

Já História cobrou o incêndio do Museu Nacional, que aconteceu em setembro de 2018 – o local abrigava o crânio de Luzia, o mais antigo fóssil das Américas. Outra questão que chamou atenção dos candidatos foi a que trouxe a letra de Geração Coca-Cola, de Renato Russo, para discutir a redemocratização nos anos 1980, as Diretas Já e o movimento estudantil.

Houve questão de Matemática misturada com Inglês, em que o aluno tinha de entender uma tirinha de Calvin & Haroldo na língua estrangeira para responder; de Geografia com Química, em que o candidato precisava compreender relevo e altitude dos Andes para traduzir o contexto de processos químicos; e de Biologia com Geografia, que abordou o problema de superbactérias resistentes e o prejuízo em especial às populações mais carentes.

Vagas na USP

Ao todo, são 11.147 vagas abertas na USP, sendo 2.830 por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e 8.317 para seleção da Fuvest. Desde a edição passada, foi adotada a inscrição por modalidades, para estudantes de escolas públicas e cotas raciais.

Do total de vagas pela Fuvest, 5.424 estão disponíveis aos candidatos em geral (modalidade ampla concorrência), 1.857 vagas são reservadas a alunos de escola pública e 1.036 são destinadas a estudantes do ensino público que se declaram pretos, pardos ou indígenas (PPI).