As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Federais de São Paulo não pensam em descartar Enem

Redação

09 Novembro 2010 | 11h20

Por Larissa Linder

A UFSCar e a Unifesp não cogitam a hipótese de descartar o Enem em seus processos seletivos. Para o reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, a solução proposta pelo MEC, de refazer parte das provas, ‘é bastante razoável”. De acordo com o reitor, refazer apenas parte das provas não fere o princípio da isonomia. “Eu tenho a impressão, de que eu, se fosse aluno, não gostaria de ter que fazer a prova de novo, e acho que a maiorira deve pensar assim”, disse em entrevista ao Estadão.edu. A UFSCar vai usar o Enem como sistema único de seleção, exceto para o curso de música.

Já na Unifesp, que usará parte das vagas pelo Sisu, e para outras vagas terá o Enem como parte da nota, ainda não foi definido se o exame será ou não descartado ou se há um plano B para a questão. De acordo com a assessoria de imprensa da universidade, a reitoria aguarda uma definição do MEC para tomar qualquer atitude.

Mais conteúdo sobre:

enemufscarunifesp