‘Presos políticos’ e ‘unidade’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Presos políticos’ e ‘unidade’

Redação

10 Novembro 2011 | 21h09

* Por Carlos Lordelo

Foto: Luíza Gancho

SÃO PAULO – A primeira votação da assembleia foi sobre a formação da mesa. O presidente do DCE, Thiago Aguiar, defendeu que a presidência fosse “rotatória” e a mesa tivesse, além dele, um representante de C.A. e três “presos políticos” — como são chamados os estudantes detidos pela PM na operação de reintegração de posse da reitoria, na terça-feira. A proposta de Thiago venceu a de outra ala, que defendia o “preso político” Rafael Alves, de Letras, como presidente da mesa.

Para o presidente do DCE, a assembleia de terça-feira, que definiu a greve dos alunos, foi uma “reunificação do movimento estudantil” (alusão ao fato de o diretório ter sido contra a invasão da reitoria). A fala de Thiago foi saudada por gritos de “unidade, unidade!’

Mais conteúdo sobre:

grevereitoriasintuspusp