As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estudantes chegam pontualmente em Lorena

Redação

27 Novembro 2011 | 14h31

* Por Gerson Monteiro, especial para o Estadão.edu

LORENA –  Não houve atrasos no prédio do Colégio São Joaquim, em Lorena (SP), onde 1322 disputam vagas na Fuvest. Uma candidata foi colocada para fora do prédio porque não estava na relação de candidatos. “Troquei o lugar da prova e não me deixaram fazer. Falaram que me inscrevi como Taubaté (distante 70 km de Lorena, 190 km de São Paulo)“, comentou a estudante Karina César Santos, de 21 anos, candidata ao curso de Pedagogia, em meio as lágrimas pelo incidente. A estudante foi amparada por professores de cursinhos que acompanhavam a entrada dos alunos.

A última candidata a entrar no prédio, Marcele Serrano Pedrosa, de 21 anos, chegou com 2 minutos de antecedência.  Depois de 3 anos tentando Medicina na Fuvest, mudou para Veterinária e presta a prova pela 4ª vez. Para diminuir a ansiedade, nem consultou o número de candidatos por vaga no curso, que é de 19.

Mais conteúdo sobre:

fuvest 2012Lorena