As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estudante levou lápis e borracha para prova

Redação

07 Novembro 2010 | 12h59

Alessandra Muhara, de 31 anos, levou para o primeiro dia do Enem 2010, lápis e borracha, itens proibidos. “Eles estavam em cima da minha carteira, mas ninguém falou nada”, diz. Hoje, no entanto, ela não levou o material por não achar que não vai ser necessário. Ela faz o exame no câmpus da Unip Vergueiro e tenta Engenharia de Produção.

Quanto aos problemas ocorridos no sábado, como o erro no cabeçalho do gabarito, ela diz que trata-se de um falha na organização do exame que deixa o candidato “frustrado”. “A gente faz a prova e, no fim das contas, não sabe no que vai dar”, afirma. Ontem, em sua sala, um candidato também avisou o fiscal do problema no gabarito.