As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em Porto Alegre, Enem inicia normalmente

Redação

06 Novembro 2010 | 13h36

PORTO ALEGRE – A movimentação para a prova do Enem na capital gaúcha é tranquila. No Instituto de Educação General Flores da Cunha, no bairro Bom Fim, 188 candidatos estão inscritos para o concurso. Entre eles, deficientes auditivos e tambem visuais, como é o caso de Euclides Schaedler Junior, de 37 anos. Instrutor de telefonia, ele fará a prova em braile em busca da realização de um sonho: a faculdade de Letras. “Me formei no Ensino Médio há 14 anos, e há dois anos fiz vestibular, mas bati na trave!”, brinca. Natural de Porto Alegre, ele tenta a vaga em alguma universidade particular. “A Ufrgs é muito difícil. E não pude estudar muito por causa do trabalho.” No Instituto os portões foram fechados as 13h05min. Dois candidatos não conseguiram entrar. Um deles, visivelmente irritado, não quis dar entrevista. Apenas culpou o trânsito pelo contratempo. Um veiculo com pane mecânica nas proximidades da escola esta causando muita lentidão no fluxo.
(Lucas Azevedo, para o Estadão Ponto Edu)