Driblando o 1% de incerteza
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Driblando o 1% de incerteza

Redação

11 Novembro 2009 | 07h34

“Neste fim de semana fiz a prova da Unesp. Gostei e não gostei do teste. Achei que não estava muito equilibrada, pegaram pesado em matemática e em inglês, comparado com provas passadas da Unesp. O resto foi tranquilo, embora tenha caído conteúdo de história antiga, como Império Bizantino, o que não é muito comum.

Agora estou focando na Unicamp. Ano passado fiz o vestibular e gostei da prova. Você sente que os alunos mal preparados são eliminados facilmente e quem sabe pode demonstrar mais o conhecimento.

Depois ainda tenho a Fuvest. Também farei as provas da UFSCar e Unifesp, além do Enem. Não será em novembro que eu vou terminar as provas – se Deus quiser, vai até janeiro, com as segundas fases.

Eu estou confiante no resultado da Unesp mas não vou conferir o gabarito. Tenho medo de ver que tão precocemente as coisas tenham dado errrado. Embora eu tenha me preparado, há sempre 1% de incerteza.”