Crepúsculo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Crepúsculo

Redação

01 Dezembro 2009 | 07h10

“Caro leitor, pelo título, você deve estar imaginando que farei alguma crítica sobre o filme mais falado dos últimos tempos, o “Crepúsculo”. Deve também se perguntar qual a relação disso com o vestibular…

Esqueça a análise do filme… Seguindo a sugestão de colegas vestibulandos para retratar aqui no blog a situação pela qual todos nós estamos passando, não encontrei melhor palavra para defini-la a não ser: “Crepúsculo”.

O dicionário define “crepúsculo” como aquele momento entre o final do dia e o início da noite. De fato, é mais ou menos assim que estamos nos sentindo. Não sabemos se somos dia ou noite, se temos chance de conquistar a vaga ou se ela está longe, se estamos acima ou abaixo da nota de corte, se já sabemos tudo ou ainda existe um oriental que sabe mais do que nós… Por isso, ficamos nessa ansiedade mesclada com angústia, uma sensação que fica bem associada a um crepúsculo…

Uns dizem que a Fuvest foi fácil demais, outros se surpreenderam com a dificuldade das questões. Muitos não gostaram do tema “Gerações” da Unicamp e travaram na redação, outros se dizem felizes com a subjetividade do tema. Os que vão mal na Fuvest, foram bem na PUC, os que foram bem na Fuvest, foram muito mal na Unesp… Enfim, acho que deu para entender bem a ideia da incerteza pela qual muitos estão passando!

Minha dica é para que todos, durante esses dias de angústia, assistam ao “Crepúsculo” – Qual? O filme?! – Não! Assistam ao crepúsculo natural, do fim do dia, para acalmarem os ânimos com esse espetáculo da natureza. E tomem bastante cuidado com o pescoço – Para quê? Para nenhum vampiro mordê-lo? – Não! Cuidem do pescoço para a tensão não proporcionar nenhum torcicolo…

O resultado desse crepúsculo, se Deus quiser, não será nenhuma “lua nova”, nenhum “eclipse” ou treva. O dia será, sim, ensolarado e tranquilo, com nosso nome reluzindo na bendita lista de aprovados.”