As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Colégio Franciscano Pio XII ganha a 1º eliminatória do Desafio BM&FBovespa

Redação

31 de maio de 2010 | 18h58

Alunos do ensino médio do Colégio Franciscano Pio XII, de São Paulo, conquistaram o melhor resultado nas simulações de investimentos da primeira eliminatória do Desafio BM&FBovespa 2010, que ocorreu no sábado, 29, no Espaço BM&FBovespa. A equipe conseguiu rentabilidade de 61,70% em sua carteira de ações.

Os colégios NetWork, de Nova Odessa (com 58,79%), Atheneu, de Itaquaquecetuba (com 57,09%), Brás Leme, de São Paulo (com 56,62%), e Prisma, de Osasco (com 56,10%) completaram a lista das cinco primeiras instituições classificadas para a final da competição.

A disputa teve a presença de cerca de 300 jovens, entre estudantes, professores – e torcedores. Participaram da eliminatória 35 escolas públicas e privadas do Estado de São Paulo, cada uma representada por equipes de três a cinco alunos e um professor orientador.

Eliminatórias

A segunda eliminatória está marcada para o dia 26 de junho. Ao todo, serão realizadas seis etapas, envolvendo mais de 3.800 pessoas. Na final, prevista para 11 de dezembro, as cinco equipes que conquistarem os maiores rendimentos nas simulações serão premiadas com créditos que vão de R$ 2,5 mil a R$ 25 mil, para investir em ações.

Os professores orientadores desses grupos receberão um notebook e R$ 1 mil. As escolas vencedoras ganharão um computador e uma impressora multifuncional.

As inscrições para as próximas eliminatórias seguem abertas até o dia 15 de junho e podem ser realizadas no site oficial da competição.

O desafio

Neste ano, a disputa se estendeu para todo o País, com a modalidade web. As inscrições estão abertas até o dia 7 de junho, também pelo site do Desafio BM&FBovespa.

As escolas poderão participar com até 24 equipes, formadas por três a cinco alunos, e 12 professores orientadores.

A competição ocorre totalmente online. A partir de 15 de junho, os professores terão acesso a um curso sobre educação financeira e o mercado de ações. Em setembro, os estudantes participarão de um curso sobre os mesmos temas e, depois, farão um teste para avaliar os conhecimentos adquiridos.

Suas notas serão convertidas em valor virtual para a fase prática da disputa, que ocorrerá em novembro, quando serão realizadas as simulações de investimento.