As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cinco se atrasam na Unip-Vergueiro

Redação

07 Novembro 2010 | 13h24

Apenas cinco candidatos do Enem chegaram atrasados neste domingo na unidade Vergueiro da Unip. Alan Mesquita, de 20 anos, saiu às 10h30 de casa, ele mora no Grajaú (zona sul de SP). Perdeu tempo ao passar por Interlagos. E tentou contar com a sorte: ontem, a Unip liberou a entrada de alunos até as 13h15.

Hoje, o portão fechou às 13h pontualmente. Alynne Paz, de 24 anos, outra retardatária, não estava tão chateada. Ela conta que queria fazer o Enem “por fazer”.

Segundo o ambulante André de Arruda, de 32 anos, que vende chocolate, chiclete  e água na frente da prova, desde as 7h30 havia alunos em frente ao portão da Unip. Ele chegou ao local às 5h. Ao ver os retardatários, ele gritou: “Vai fechar, corre, não é desfile de moda!”

Arruda conta que deseja prestar o Enem no ano que vem, pois quer voltar à faculdade – ele revela ter feito 2 anos de Gastronomia na Universidade de Guarulhos.

No local de prova, mães aguardam seus filhos. Rita Maria de Jesus, cuja filha presta Enem pela primeira vez, está “rezando para dar tudo certo”.