As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chegou atrasado e perdeu a prova. Mas nem se importou tanto assim

Redação

28 Novembro 2010 | 13h35

O único candidato do vestibular da Fuvest que chegou atrasado ao câmpus da Uninove na Barra Funda nem ficou tão chateado assim. Fernando Soares, como se apresentou, deixando claro que era um nome fictício, perdeu a chance de fazer a prova por três minutos. Os portões foram fechados às 13h.

“Queria fazer uma surpresa para minha namorada e agora estou morrendo de medo de ser descoberto por ela”, disse Fernando, que afirmou ter 30 anos e tentaria vaga em Direito. Ele já faz o curso na Universidade do Contestado, em Concórdia, no interior de Santa Catarina, e queria uma transferência para São Paulo, onde mora a namorada dele, formada em Direito.

Fernando saiu do Butantã, na zona oeste, e foi de ônibus para a Barra Funda. Mas não deu tempo. “Não tinha ideia que era tão distante”, contou. “Fico meio decepcionado de nem conseguir fazer a prova, mesmo sabendo que não tinha muita chance.”

Mais conteúdo sobre:

Fuvest 2011