As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Chegar à final foi bom para a autoestima dos alunos’, diz diretora

Redação

28 Novembro 2009 | 11h49

A escola estadual Padre Geraldo Lourenço, de Aguaí, interior paulista, é umas das 30 fuinalistas do Desafio BM&F Bovespa. Na torcida pelos alunos, a diretora Marcia Zulian Teixeira Tassone conta a importância de chegar na final. “Quando chegamo0s com o resultado, foi uma festa. Isso foi muito bom para a autoestima dos alunos, saber que eles podem concorrer com outras escolas”, diz ela.

Enter as finalistas, estão 15 escolas estaduais, 12 particulares, 2 técnicas e uma municipal.

A coordenadora da escola particular Sena de Mirada, da zona leste de São paulo, Lucineide Costa, conta que a chegada à final teve um reflexo muito positivo em toda escola. “A gente percebeu nos intervalos, os comentários sobre a bolsa, até por quem não participou”, diz ela, que também permaneceu na torcida.