As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Celular tocou durante a prova no sábado, diz candidata

Redação

23 de outubro de 2011 | 17h13

*Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

SÃO PAULO – Um celular tocou dentro de uma bolsa na sala 507 do câmpus Paraíso da Unip, na Vergueiro, ontem. Juliana Moreno, de 18 anos, conta que ouviu o celular tocar durante a prova. Como os candidatos do Enem têm de colocar os objetos dentro de um saco plástico e este saco plástico, por sua vez, estava dentro de uma bolsa, não era possível saber de quem era o celular nem se o toque foi provocado por uma chamada ou por um alarme.

Segundo Juliana, uma fiscal de prova perguntou de quem era o celular, mas ninguém respondeu. Juliana também contou que alguns candidatos foram solicitados a remover a bateria do celular e outros não, inclusive ela. “Os fiscais tinham uma instrução, mas não seguiram.” Ela também conta que a instrução dos candidatos era abrir o saquinho apenas no térreo, mas ela mesma viu um candidato abrindo esse saquinho ainda na escada. “E ninguém fez nada.”

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.