As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Candidatos esperam maior exigência de conteúdo nesta terça

Redação

10 Janeiro 2012 | 13h28

* Por Tatiana Fávaro

JUNDIAÍ – A expectativa para o último dia de prova do vestibular 2012 da Fuvest é, entre os estudantes, que chegaram à Unip de Jundiaí, a de responder questões mais detalhadas e encontrar maior exigência de conteúdo. “Hoje, com certeza, será mais difícil, porque haverá cobrança de conhecimento específico, que vão exigir mais do candidato”, afirmou o estudante André Pincinato, de 20 anos, que disputa uma vaga no curso de Economia. Por não ter afinidade com a área de humanas, o garoto considerou ter se dado melhor nas provas desta segunda-feira, que avaliaram conhecimentos de física, química, matemática, inglês, história, geografia e biologia.

A estudante Aline Lopes da Silva, de 18 anos, disse, que apesar de ter cursado o ensino médio em escola pública, conseguiu fazer as provas da Fuvest com tranquilidade. “Minha preocupação era a de que só aluno de escola particular conseguiria fazer esse vestibular e passar”, afirmou a candidata a uma vaga no curso de História. “É a primeira vez que presto Fuvest e, agora, sei que, se você estudar, dá para fazer a prova”, disse.

Segundo informou o coordenador do vestibular em Jundiaí, Pedro Luiz Fagundes, o índice de abstenção do vestibular na cidade foi o menor do Estado no segundo dia de provas (7,02%).

Mais conteúdo sobre:

fuvestfuvest 2012vestibular