As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Candidatos da Unicamp preferem enunciados extensos

Redação

15 Janeiro 2012 | 14h54

* Por Rose Mary de Souza, especial para o Estadão.edu

CAMPINAS – Embora reclamem de pouco tempo para responder a todas as perguntas das provas de hoje da Unicamp (24 questões de português e matemática em quatro horas), dois candidatos ao curso de Estatística disseram preferir enunciados longos.

Franciele Calegari, de 18 anos, chegou orientada pelo cursinho de que as perguntas seriam “diretas”. Mas, para ela, existe um problema quando o enunciado é curto: “A resposta precisa ser bem fundamentada”, disse. Questões longas, opina a estudante, até ajudam na resposta. “Auxiliam na interpretação do que a banca está pedindo.”

Marcos Ribeiro, de 20 anos e concorrente de Franciele, também gostaria de encontrar enunciados extensos e explicativos. “Perguntas curtas podem não ser completas e não sinalizar o que o examinador quer”, afirmou. Mesmo que tomem mais tempo, questões longas ajudariam os estudantes, acredita Marcos. “Elas mostram exatamente o que estão pedindo.”

Mais conteúdo sobre:

unicampvestibular