As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Campanha propõe mudar nomes de escolas que homenageiam personagens da ditadura

Redação Estadão.edu

03 Abril 2014 | 16h15

A Confederação Nacional de Trabalhadores em Educação (CNTE) iniciou nesta semana campanha para mudar os nomes das escolas públicas que homenageiam autoridades do regime militar. A ação aproveita o gancho dos 50 anos do início da ditadura no País, completos em 31 de março.

O objetivo da entidade é incentivar o envio de projetos de iniciativa popular às assembleias legislativas e câmaras de vereadores sobre as trocas de nomes.

O site colaborativo ditaduranuncamais.cnte.org.br explica como construir essas propostas. Segundo a CNTE, dados do Instituto Nacional de Estatísticas e Pesquisas Educacionais apontam que quase mil escolas ainda levam os nomes de presidentes da época da ditadura.