As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Calor em Ribeirão Preto incomoda candidatos de outras cidades

Redação

27 Novembro 2011 | 15h18

* Por Renê Moreira, especial para o Estadão.edu

RIBEIRÃO PRETO – Não houve incidentes na entrada dos candidatos que prestam a prova da Fuvest em Ribeirão Preto. Ainda assim, o nervosismo ditava a chegada dos estudantes para o exame no ponto de maior concentração de alunos, na Unip.

“É muita apreensão, pois foi um ano inteiro de estudo e sacrifício”, disse Rodrigo Lima, de 18 anos, que tenta pela segunda vez uma vaga no curso de Ciência da Informação e da Documentação.

Ninguém chegou atrasado, mas uma candidata quase perdeu a prova. Entrou na Unip faltando menos de um minuto para as 13h, quando o portão já ia ser fechado. Depois dela, assim que encerrou o prazo para entrada de estudantes, a mãe de uma jovem chegou correndo para entregar à filha um documento de identidade. A mãe foi informada que não poderia entrar mas, como a filha não retornou para buscar o documento, aparentemente conseguiu fazer o exame.

Na porta da Unip, além dos candidatos de Ribeirão Preto também havia muita gente da região e de localidades até distantes, caso de Goiânia e Uberaba (MG). Para quem é de longe, o forte calor de Ribeirão Preto foi apontado como incômodo.

Mais conteúdo sobre:

fuvestRibeirão Pretovestibular