Aulas estão mantidas, garante USP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aulas estão mantidas, garante USP

Redação

08 Novembro 2011 | 14h19

* Por Carlos Lordelo

SÃO PAULO – Um dos diretores do DCE, Thiago Aguiar, conclamou os alunos a faltar às aulas hoje e protestar contra a ação da PM na USP. Segundo ele, a reitoria está espalhando boatos de que as aulas estão canceladas. “Isso pouco importa, hoje não temos que assistir aula, porque o que houve foi inaceitável”. A assessoria da USP informou que não houve nenhum cancelamento de aulas, apesar da iniciativa de alunos da Letras de pedir uma greve. O site do DCE, neste momento, divulga o contrário:


Thiago disse que a apreensão dos alunos  foi arbitrária. “Não existem elementos para prender esses estudantes. Estão mantendo as pessoas, há seis horas nos ônibus, sem poder comer, beber ou ir ao banheiro, e nesse sol”.

Pela manhã, a reportagem viu um aluno descendo do ônibus, escoltado por policiais, para ir ao banheiro.

Um grupo de manifestantes comprou biscoitos, pães e maçãs, que foram entregues aos estudantes agora há pouco.

Thiago veio acompamhar a movimentação e se juntar ao coro de estudantes, que, segundo a PM , são cerca de 120. Eles estão no asfalto da  Av. Gastão Vidigal, em frente à delegacia, em uma faixa bloqueada pela CET. A via parcialmente fechada provoca congestionamento.

Um helicóptero da PM sobrevoa o local.

Mais conteúdo sobre:

91º dpcâmpusPMusp