As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aulas de Educação Financeira preparam jovens para o consumo responsável

Redação

11 Maio 2011 | 14h30

  

Poupança, juros, sistema de cartões de crédito e outros temas considerados de “gente grande” fazem parte dos assuntos abordados nas aulas de educação financeira do Colégio Augusto Laranja e do Colégio Santa Amália.  Controlar os gastos e utilizar o dinheiro de forma responsável também são alguns dos objetivos dos cursos.

Os colégios decidiram criar o curso para orientar os adolescentes e prevenir que eles caiam na tentação de gastar sem ter como pagar. “Eles são estimulados a todo momento a consumirem de tudo um pouco. Hoje podemos encontrar jovens que ainda nem trabalham, mas já têm dívidas no cartão de crédito”, explica Maria Elisa, diretora do Santa Amália.

Preparada para realizar futuros investimentos, Maria Quaglio, 17 anos, conta que conversar com o pai sobre alta do dólar ou ações, ficou mais fácil. “Agora entendo o significado de todos aqueles gráficos que aparecem no noticiário”, explica a aluna que recentemente visitou a Bolsa de Valores com o Colégio.

E, para ajudar a formar gestores conscientes, o Colégio Augusto Laranja discute na sala de aula os impactos no meio ambiente causados pelo consumo exagerado. O programa de aulas do curso, inspirados nos Instituto Akatu, visa basicamente, à preservação do planeta. Essas aulas são teóricas, porém apostando em exemplos bem próximos do dia a dia dos jovens como a troca desnecessária de aparelhos celulares e o tempo gasto no banho. No final do semestre, os estudantes apresentam um projeto de sustentabilidade com aplicação prática para uma banca interna, que julgará os trabalhos.