As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Atrasados não conseguem registrar ocorrência na Unisa

Redação

22 Outubro 2011 | 16h23

*Por Mariana Mandelli

SÃO PAULO – Os candidatos que se sentiram prejudicados pelo fechamento dos portões da Unisa no início da tarde não conseguiram registrar o Boletim de Ocorrência na delegacia contra a organização da prova. Segundo eles, o delegado não aceitou a denúncia por falta de provas.

No início da tarde de hoje, o fechamento dos portões da Unisa causou tumulto entre os estudantes que chegaram atrasados. Empurrando os portões e gritando contra a organização, os estudantes exigiam a liberação da entrada. Cerca de 40 candidatos afirmaram que o acesso ao local de provas foi fechado dois minutos antes do horário previsto. A Polícia Militar foi acionada para averiguar a situação.

UnisaCorte.jpg

Sem poder prestar o exame, o estudante Felipe Souza, de 20 anos, protocolou uma reclamação no Ministério da Educação através do serviço Fala Brasil, um canal de atendimento aos candidatos. Segundo ele, o Mec garantiu uma posição sobre o caso na segunda-feira. Ainda assim, o candidato afirmou que entrará com uma ação contra o ministério em função do fechamento antecipado dos portões.