As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Atordoados, estudantes nem lembram do que caiu em física

Redação

17 Janeiro 2012 | 16h20

* Por Tatiana Fávaro

CAMPINAS – Física foi a vilã da prova de Ciências da Natureza do vestibular da Unicamp, segundo candidatos que deixaram o Colégio Sagrado Coração de Jesus, no bairro Nova Campinas, após as 15h30 desta terça-feira, último dia da segunda fase do processo seletivo. Atordoados, alguns nem conseguiam lembrar o que o exame pedia.

“Hoje chutaram o balde”, afirmou o estudante de Amparo Daniel Constantini, de 25 anos, candidato de Letras. “Até a prova de matemática estava mais fácil.”

Maximiliam Fernando Gasparini, de 17, também reclamou do exame de hoje. “Foi o dia em que deixei mais coisa em branco”, disse ele, que disputa uma vaga no curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Para Victor Miranda Castelani, de 18, as questões de física foram o maior obstáculo do vestibular. “A prova de hoje foi muito complicada, a mais difícil dos três dias. Exigia muita transformação de unidades”, avaliou o candidato a uma vaga em Tecnologia Ambiental.

Segundo os estudantes, biologia motivou as questões mais fáceis da prova de hoje. Eles dizem que caíram perguntas sobre malária, DNA e células.

“Ontem foi tão fácil que antes das 15h30 eu já tinha até revisado a prova. Hoje, química dava para responder pelos enunciados e biologia foi bem tranquila. Mas física estava complicada demais”, afirmou a treineira Bárbara Lulli, de 17.

“Física foi a mais difícil e biologia, a mais fácil. Química estava trabalhosa, mas deu para fazer”, disse o candidato ao curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Moab de Souza Melo Neto, de 20.

Mais conteúdo sobre:

unicampvestibular