As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Alunos na rua, Enem a culpa é sua’, protestam alunos em Fortaleza

Redação

28 Outubro 2011 | 16h15

* Por Paulo Saldaña, enviado especial a Fortaleza

FORTALEZA – Cerca de 300 estudantes de vários colégios  fizeram uma manifestação contra o Enem na Praça da Imprensa, no bairro Dionísio Torres, na tarde desta sexta-feira. A maioria está sem uniforme, mas outros trajam roupas de diferentes escolas. Alguns portam cartazes questionando a lisura da prova, com dizeres como “Vazou ou não vazou?”, “Haddad, pede pra sair”, e “Não foram só 639 que tiveram acesso às questões”. A inciativa do protesto, pacífico, foi de alunos do colégio Ari de Sá.

“O motivo dessa manifestação é que o Enem tem tido problemas consecutivos nas três edições. O que a gente quer é que seja sério”, diz o estudante Guilherme Almeida, do 3º ano do Ari de Sá. Ele diz ser contra o cancelamento do Enem apenas para os alunos do 3º ano do Christus. “Ou cancelam as questões repetidas, ou cancelam a prova para todo mundo”.

Alguns dos manifestantes usam nariz de palhaço; outros pintaram o número 14 no rosto, em referência às questões do material do colégio idênticas às aplicadas no Enem neste fim de semana.

“Alunos na rua, Enem a culpa é sua”, gritam os estudantes. Eles deram a volta em dois quarteirões e fecharam a rua enquanto andavam.  Eles se descolaram para não atrapalhar as aulas de uma escola.

Os manifestantes caminham agora rumo ao prédio do Ministério Público Federal.

Mais conteúdo sobre:

enemEnem 2011Fortalezaprotesto