As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A tranquilidade das treineiras

Redação Estadão.edu

22 Outubro 2011 | 13h02

*Por Cedê Silva, especial para o Estadão.edu

SÃO PAULO – Muito sol e tranquilidade no campus Paraíso da Unip, na Rua Vergueiro. Três treineiras vieram juntas fazer a prova. Giulia Bonadio, de 16 anos, está no segundo ano do Ensimo Médio e presta o Enem pela primeira vez. Ela pretende apenas ir bem na prova, já que quer cursar Direito na USP no ano que vem. A estudante passou a sexta-feira lendo um livro que vai cair em uma prova na escola na segunda-feira. Para a redação no domingo, aposta em temas relacionados ao meio ambiente ou ao Oriente Médio.

Sua colega Elisa Fernandes pretende prestar Economia na USP no próximo ano e quer apenas conhecer a estrutura da prova. Colega das duas, Giulia Wanda também está prestando o Enem pela primeira vez e quer cursar Medicina. A também treineira ficou em casa nas últimas 24 horas e não se arrisca a um palpite para a redação.

Quem também quer cursar Medicina é Jéssica Marques de 20 anos, que está fazendo o Enem pela terceira vez. Ela é candidata para a Unifesp. “Espero que nao tenha erros este ano  e que a prova não vaze. Também espero que a prova tenha enunciados menos longos e cansativos”.

Para o tema da redação, Jéssica aposta nas usinas – Fukishima ou Belo Monte – ou talvez algo sobre a presidente Dilma e o poder da mulher.

Mais conteúdo sobre:

Cedê SilvaenemEnem 2011São Paulo