A indecisão da terceiranista
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A indecisão da terceiranista

Carolina Stanisci

13 Janeiro 2012 | 19h10

Farmácia, Direito, Ciências Econômicas, Relações Internacionais. Todos esses cursos são cogitados pela paulista Marina Laura Fernandes, de 16 anos. A estudante de Ribeirão Preto, que está no 3º ano do ensino médio, foi aprovada no curso que era sua segunda opção no Sisu, Ciências Econômicas, na Universidade Federal Fluminense (UFF). A primeira era Farmácia. Quando perguntada sobre a disparidade entre as opções, Marina esclarece que foi influenciada na hora da inscrição por sua cunhada, que é farmacêutica. “Ela me explicou como era o curso e a profissão e fiquei interessada”, diz ela. Como ainda não concluiu o ensino médio, Marina não poderá realizar sua inscrição na UFF em 2012.

Neste ano quando for prestar vestibular, dessa vez para valer, Marina calcula que fará a prova em cerca de 13 universidades, em várias partes do país. E para vários cursos. Em um mundo ideal, caso passasse em todos os vestibulares prestados, a paulista escolheria Relações Internacionais na USP. “É o meu sonho”, diz ela.

Mais conteúdo sobre:

sisu