USP aumenta em 25% número de bolsas de permanência estudantil

USP aumenta em 25% número de bolsas de permanência estudantil

Todas as 6 mil bolsas terão início em agosto de 2015; Benefícios são de R$ 400

Paulo Saldaña

22 Abril 2015 | 21h12

A Universidade de São Paulo (USP) vai aumentar em 25% o número de bolsas de permanência estudantil neste ano, chegando a 6 mil benefícios. A instituição lançou nesta quarta-feira, dia 22, o Programa Unificado de Bolsas de Estudo para Estudantes de Graduação.

GABRIELA BILO / ESTADÃO

GABRIELA BILO / ESTADÃO

O programa vai oferecer 4,8 mil benefícios – que se somam a outras 1,2 mil bolsas da pró-reitoria de Cultura e Extensão. Todas as 6 mil bolsas terão início em agosto de 2015.

Segundo o edital do programa, a universidade unificou quatro programas de bolsas. Isso permitiu à USP “aumentar o investimento em número de bolsas”, além de “dar maior transparência ao processo de seleção e maior visibilidade ao programa de Permanência e Formação Estudantil”.

As bolsas são voltadas para alunos que apresentam dificuldades socioeconômicas. Nesta quarta, a USP divulgou que 35,1% dos alunos matriculados em 2015 vieram de escola pública. Mas o programa também tem o objetivo de “fomentar o engajamento do corpo discente nas atividades-fim da USP bem como permitir que realizem investigação científica de forma a contribuir para a formação acadêmica.”

As inscrições serão associadas a projetos propostos por professores, para os quais os alunos deverão se dedicar por no mínimo 40 horas mensais. As bolsas são de R$ 400.

Os alunos interessados deverão se inscrever de 8 de maio a 3 de junho em https://uspdigital.usp.br/juno. Até 30% do total de bolsas será destinada aos ingressantes. / COLABOROU VICTOR VIEIRA

Mais conteúdo sobre:

USP