Rede estadual de SP terá novo programa de reforço escolar

Novo programa da rede não substitui os que já existem

Paulo Saldaña

19 Março 2015 | 03h00

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo vai iniciar um novo programa de reforço escolar em português e matemática para alunos entre o 6.º ano do ensino fundamental e o 3.º do médio. Indicado para estudantes que apresentem dificuldades, o novo modelo terá recursos tecnológicos, como um jogo virtual, chamado “Aventura”.

As turmas serão definidas com base no desempenho que os estudantes apresentarem nas provas bimestrais e na avaliação diagnóstica aplicada em fevereiro, segundo a pasta. A participação será por adesão da escola e a previsão é que comece em abril.

Esse reforço vai ocorrer uma hora antes ou depois da aulas. Terá a duração de 10 semanas.

Segundo a coordenadora de Gestão da Educação Básica da Secretaria, Ghisleine Trigo, o novo programa não substitui os já existentes na rede. “A ideia é recorrer a um novo modelo complementar e que veio da observação dos alunos, da frequência que eles utilizam a internet para tirar dúvidas e aprender”, diz ela, que ressalta o uso do Currículo Mais, da plataforma digital da rede.

O Estado acompanha mais de 20 mil alunos na modalidade intensiva de recuperação e oferece os professores auxiliares para a recuperação contínua. Segundo a secretaria, as escolas tem autonomia para organizar turmas de reforço também no contraturno (fora do período de aula).

“O professor tem a responsabilidade de encaminhar os alunos para uma das estratégias. Dependendo do tipo de escola ou professor, uma ou outa modalidade é melhor. O que importa é que essas oportunidades de recuperação tenham resultados efetivo”, completa Ghislene.

Os professores terão formação específica para para o modelo. Para atuar no reforço, professores receberão a mais.
No jogo, os alunos realizam missões e, para cumprir os objetivos, precisam realizar exercícios. O educador recebe um material com indicações de intervenções na sala de aula. São dez missões e cada uma deve ser feita em uma semana.