Prefeitura de SP lança programa ‘Meu Lugar’ para que empresas doem creches

Paulo Saldaña

09 Março 2015 | 20h38

A Prefeitura de São Paulo apresenta oficialmente nesta terça-feira, dia 10, um programa específico para buscar empresas interessadas em construir creches para o município. A gestão reúne empresários nesta terça para apresentar o projeto batizado de “Meu Lugar”. O encontro será na Praça das Artes, às 8h30, no centro.

A expectativa da secretaria municipal de Educação é conseguir ao menos 100 unidades bancadas pela iniciativa privada, como já anteriormente ventilado pela imprensa. No modelo pensado pela pasta, as empresas vão construir os prédios em terrenos próprios ou podem doar os terrenos para que a Prefeitura os construa. A gestão das creches será municipal, por meio de convênios.

O modelo não prevê outras contrapartidas do município para as empresas que doarem os equipamentos, segundo o secretário municipal de Educação Gabriel Chalita (PMDB). “As empresas vão entrar para solucionar o problema das crianças que estão sem creche, será um presente para a cidade”, diz o secretário. “O maior desafio do município para construir novas creches é encontrar terrenos e estamos apostando nessa solução”.

Dessa forma, as empresas poderão explorar a iniciativa como ação de responsabilidade social. Mais de 100 empresários são esperados no evento desta terça.

A ideia de expandir a oferta de vagas em creche com apoio das empresas não é novo. O ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) chegou a anunciar em 2007 uma Parceria Público-Privada (PPP) para a construção de 500 creches. Não saiu do papel. Desde que assumiu, o prefeito Fernando Haddad (PT) já havia indicado que contava com o dinheiro do empresariado para cumprir a promessa de criação de 150 mil vagas em educação infantil, conforme revelado pelo Estado em 25 de janeiro de 2013.

Somente neste ano houve o anúncio de uma primeira parceria, com a rede de supermercados Carrefour. O número de unidades ainda não foi fechado, mas não deve ser apenas uma. A Prefeitura se comprometeu a entregar 243 creches até o fim da gestão Haddad.

Saiba mais sobre a fila por vagas em creche na cidade de São Paulo clicando aqui.

Mais conteúdo sobre:

crecheFernando HaddadGabriel Chalita