Chalita faz evento de ‘boas vindas’ com 1,5 mil educadores de SP

Chalita faz evento de ‘boas vindas’ com 1,5 mil educadores de SP

Além de cristalizar a presença do PMDB no governo petista, já com olhos nas eleições, a escolha de Chalita também é uma estratégia para melhorar a relação com educadores

Paulo Saldaña

26 Janeiro 2015 | 20h40

Depois de assumir a secretaria municipal de Educação de São Paulo com o discurso de melhorar o diálogo com a rede de professores, Gabriel Chalita (PMDB) já protagonizou nesta segunda-feira, dia 26, evento de “boas vidas” com cerca de 1,5 mil educadores. Realizado no Theatro Municipal, o encontro homenageou e premiou integrantes da rede.

O prefeito Fernando Haddad (PT) também esteve no local, ocorrido pela manhã. Houve abertura musical do Coral Juvenil de Heliópolis. A cerimônia homenageou 52 educadores de todas as Diretorias Regionais de Educação (DREs).

DIVULGAÇÃO/ PREFEITURA DE SP

DIVULGAÇÃO/ PREFEITURA DE SP

Além de cristalizar a presença do PMDB no governo petista, já com olhos nas eleições municipal e estadual, a escolha de Chalita também é uma estratégia para melhorar a relação com educadores. Nos dois anos de gestão, a Prefeitura enfrentou duas grandes greves da categoria.

Setores do PT que atuam na rede e integrantes do alto escalão municipal criticavam a falta de sucesso do ex-secretário Cesar Callegari nessa relação com a rede. Chalita, entretanto, conta com a simpatia de muitos professores – na sua atuação na rede estadual de São Paulo como secretário, a fila para fotos com ele era grande em eventos oficiais. Chalita é autor de 70 livros, com obras que vão de educação, poesia, filosofia à religião. Católico, o secretário também comanda na Rede Vida o programa “Caminhos com o Gabriel Chalita”.

Mais conteúdo sobre:

Gabriel Chalita