Oficina tem novo coordenador pedagógico: Leandro Baldo (Lego)

Oficina tem novo coordenador pedagógico: Leandro Baldo (Lego)

Oficina do Estudante

10 de junho de 2019 | 16h53

O Colégio Oficina do Estudante conta com um novo integrante, o coordenador pedagógico do Ensino Médio, Leandro César Baldo (Lego).

Matemático pela Unicamp, atuou no Imaculada Campinas, de 2010 a 2015; e no Poliedro Campinas, de 2016 até 2019.

Confira a entrevista:

Qual é a sua trajetória profissional?

Iniciei a minha carreira em 2007, como professor de matemática, no COC Campinas.

Depois, fui para o Colégio Imaculada, onde fique por seis anos (de 2010 a 2015), como professor dos ensinos Fundamental e Médio, e também como coordenador pedagógico.

Depois, fui dar aula no Poliedro em São Paulo, em São José dos Campos e em Campinas.

Na sequência, assumi a coordenação do Ensino Médio e Curso Pré-Vestibular do Poliedro Campinas.

Fiquei nessa função durante dois anos e meio (2017, 2018, até o momento), e agora estou aqui na Oficina do Estudante.

Quais são seus objetivos profissionais?

Fazer com que o trabalho aconteça de forma a atender às expectativas dos alunos quando buscam uma escola.

Em que medida o colégio define os resultados do aluno?
O colégio tem que ser um lugar onde o aluno tenha um bom apoio pedagógico, bons profissionais e uma boa estrutura – porque não adianta nada você ter um corpo docente muito bom, sem estrutura.

Além disso, estamos falando de um novo processo de Educação, em que é preciso estar antenado.

Nesse sentido, a nova escola precisa atrair o aluno para o conteúdo, ao mesmo tempo em que está antenada às novas tecnologias.

Como você avalia o Sistema Etapa?

Um sistema que é referência em todo o país.

Um material muito forte, que sempre aprovou os alunos nas principais universidades do país, inclusive nos cursos mais concorridos.

Um sistema em que o aluno se sente seguro porque tem um material que vai suprir todas as suas necessidades.

Por que a escolha pela Oficina do Estudante?

O que me atraiu em um primeiro momento foi a proposta pedagógica da Oficina, porque é importante que a escola tenha uma muito bem definida, muito clara.

E o aluno, quando vem para a Oficina, tem a ciência de que vai ter um ensino forte, voltado para o vestibular.

E, em segundo, por toda a estrutura que o colégio oferece.

Pela estrutura que a gente vê nas redes sociais.

Eu sinto que as coordenações, quando trazem alguma ideia, conseguem executá-la, porque o colégio é muito dinâmico.

Toda semana tem alguma coisa diferente. Tem muitos eventos acontecendo o tempo todo.

E a gente sabe que isso só é possível se há uma gestão por trás, dando todo o apoio para que as coisas funcionem de maneira adequada.

Tendências: