Crianças carentes de ONG visitam parque temático de dinossauros do Colégio Oficina do Estudante

Crianças carentes de ONG visitam parque temático de dinossauros do Colégio Oficina do Estudante

Oficina do Estudante

04 de novembro de 2021 | 15h03

                                                  (Foto: Gabriel Ribeiro / Oficina do Estudante)

Cerca de 50 crianças pertencentes a famílias em situação de vulnerabilidade social, com idade entre 7 e 15 anos, atendidas pela ONG Núcleo Mãe Maria, instalada na Vila Brandina, em Campinas, tiveram um dia diferente nesta quinta-feira (04), quando visitaram o parque temático de dinossauros da Unidade Paineiras do Colégio Oficina do Estudante. Elas foram divididas em dois grupos, um para o período da manhã, outro para o da tarde, e a programação contou com transporte no ônibus colegial norte-americano, aula prática de biologia jurássica e lanche.

Uma das coordenadoras da entidade social, Anete Pegoraro falou com alegria que esse tipo de ação “amplia os horizontes dessas crianças, fazendo com que elas saiam, ainda que por um instante, de um mundo cinzento, para uma atmosfera de possibilidades”.

“Eles tiveram noção de que há sim oportunidades e também foram estimulados a se dedicarem mais aos estudos”

Professora de Biologia há 17 anos, Paula Gadioli Alberto ministrou uma oficina prática de biologia jurássica. Inspirada por cenas do primeiro filme da franquia “Parque dos Dinossauros”, lançado em 1990, que virou febre mundial, explica que foi feita uma análise de um composto similar à fezes de dinossauros. O intuito foi “mostrar mais sobre a alimentação dos diferentes grupos e de algumas espécies herbívoras e carnívoras, fazendo a relação com o estudo de teias alimentares na Biologia.”

Sobre a importância da ação, Paula enfatiza que “trazer a ciência e sua prática para perto das crianças e adolescentes é essencial para despertar o amor e respeito por todas as formas de vida e para valorizar a construção do conhecimento científico. Encantar as crianças pode inspirar e, quem sabe, despertar futuros biólogos cientistas!”.

Fotos: Gabriel Ribeiro / Oficina do Estudante 

Diretor pedagógico da Unidade Paineiras, Milton Maia analisou a iniciativa como importante, pois trata-se do compartilhamento de uma estrutura da Oficina, que pode ser classificada como riqueza de recurso educacional.

“A atividade agregou conhecimento às crianças, por meio de uma aula lúdica e envolvente, sobre uma época tão marcante e importante da história da humanidade, que foi a existência dos dinossauros em nosso planeta”, ressaltou. Além da aula lúdica, as crianças brincaram em espaços inovadores do Colégio, como o Space Red e o tobogã Super Irado, que desce do 5º andar para o Con.viva, ambiente para interação e convivência, no térreo.

JURASSIC OFICINA EXPERIENCE

O “Jurassic Oficina Experience” é um espaço com oito esculturas em vida ultrarrealistas de algumas espécies desses animais que habitaram a Terra há, pelo menos, 233 milhões de anos. Entre as réplicas, um espetacular e grandioso Tiranossauro Rex com 13 metros de envergadura e cinco metros de altura.

Além do T-Rex, os visitantes se deparam com: Deinonico, Dilofossauro, Estegossauro, Europassauro, Oviraptor, Pteranodonte e Triceratops. Em cada um deles, há uma placa com informações da espécie. Quem se aproxima do Pteranodonte, por exemplo, aprende que ele foi um réptil voador com quase dois metros de altura e sete de envergadura que viveu na região conhecida por nós, hoje, como América do Norte.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.