Como ser bem-sucedido nos vestibulares e Enem?

Como ser bem-sucedido nos vestibulares e Enem?

Oficina do Estudante

22 de junho de 2021 | 12h21

Professor de História e orientador pedagógico do Curso Pré-Vestibular da Oficina do Estudante de Campinas (SP), Alfredo Terra Neto analisa que, para ser bem-sucedido nos vestibulares e Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), um vestibulando precisa ter ou adquirir:

– Capacidade de organização: fundamental para conseguir estudar um volume imenso de matérias, o qual compreende os três anos letivos do Ensino Médio.

– Capacidade de planejamento: o planejamento serve para que o aluno saiba o que estudar em cada dia, de acordo com suas dificuldades/facilidades conforme o seu tempo disponível.

– Foco: necessário para atenção plena na aula e nos assuntos estudados posteriormente.

– Resiliência: super necessária para que o aluno possa enfrentar as notas dos simulados e das redações, as quais somente começam a crescer depois de um certo tempo. Ter um baixo desempenho e mesmo assim continuar estudando é determinante para a aprovação.

– Concentração: para conseguir fazer como o nível máximo de empenho uma quantidade elevada dos mais diversos exercícios de vestibulares anteriores e simulados, o que vai contribuir muito com o crescimento acadêmico e a aprovação.

– Capacidade de seguir uma rotina preestabelecida: seguir rotina de assistir aulas e depois estudar um conjunto de matérias por seis ou sete dias da semana é bastante desgastante. Os jovens possuem certa dificuldade de se adaptar a este mundo rígido de uma rotina predeterminada, portanto romper este obstáculo fará toda a diferença.

– Garra e determinação: são fundamentais ao longo da vida de qualquer pessoa, não sendo diferente na vida de um vestibulando.

– Paciência: resultados acadêmicos somente aparecem depois de muito tempo de estudos. Ter paciência é fundamental.

– Controle emocional: importante para os estudos e para a realização das provas/vestibulares.

– Estratégia: deve ser montada com a realização de provas anteriores e simulados.

– Humildade: ter a sapiência em reconhecer que sempre temos algo a mais para aprender é fundamental para a aprovação.

– Autoconhecimento: permite termos uma noção de nossos pontos fracos, nossos pontos fortes e nossos limites. Estudar considerando tudo isso faz uma grande diferença.

VESTIBULANDO

Neto diz que o vestibulando é um estudante que está prestes a passar por um dos maiores desafios de sua vida.

“Note que não foi mencionado aqui o maior, mas sim um dos maiores. Passar por este desafio (que é um dos maiores), ajuda os estudantes a atingirem maturidade e também os prepara para desafios maiores ao longo da vida: trabalhar para sustentar uma família, ter um cargo de liderança em uma grande empresa, enfrentar uma doença, lidar bem com situações complexas, sejam elas familiares ou profissionais”, comentou.

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.