Como a Oficina te ajuda a ser aprovado em medicina

Como a Oficina te ajuda a ser aprovado em medicina

Oficina do Estudante

20 de maio de 2019 | 15h05

Como a Oficina te ajuda a ser aprovado em medicina
Como a Oficina te ajuda a ser aprovado em medicina

Antes de mais nada, a aprovação de um aluno em um curso concorrido depende de vários fatores. E isso sobretudo em medicina.

Por isso, alguns pilares precisam estar muito bem sedimentados para que essa aprovação possa ocorrer.

E o Curso e Colégio Oficina do Estudante dispõe de todas essas condições necessárias para que esse ingresso se materialize.

Existem quatro sustentáculos fundamentais que um vestibulando precisa ter acesso se quiser ser aprovado em medicina.

E o professor Antunes Rafael, diretor pedagógico do colégio, lista-os, explicando-os ponto a ponto.

Então, aproveite as dicas!

1-) Material Didático Tradicional

O primeiro aspecto fundamental para quem quer ser aprovado em medicina é a utilização de um material didático forte.

Certamente porque – além da aplicação e revisão das disciplinas – o aluno precisa treinar o conteúdo aprendido.

Ao contrário do que leigos, às vezes, costumam pensar, estudar não é apenas ler teoria.

É imperativo fazer exercícios à exaustão.

Nesse quesito, um dos diferenciais da Oficina do Estudante é que o colégio utiliza – com exclusividade em Campinas – o Sistema Etapa.

Anualmente, os alunos que utilizam esse sistema conquistam os melhores resultados em Olimpíadas Culturais nacionais e internacionais.

Atingem também as primeiras colocações nos mais importantes vestibulares do país e são aprovados nas principais universidades do mundo.

Isso porque a formação educacional consistente proporcionada pelo Sistema Etapa é garantia de destaque para o empenho nos estudos e valorização do aprendizado.

2-) Corpo Docente Altamente Qualificado

Para quem vai prestar medicina, não basta ter professores que apenas dominem as matérias.

É preciso que eles saibam o conteúdo e saibam transmiti-lo. Que saibam como – provavelmente – as disciplinas cairão na prova e, o mais importante, que ensinem aos alunos como responder as questões eficientemente.

E, nesse aspecto, a Oficina tem os melhores professores – o Dream Team de docentes gabaritados, especializado nesse tipo de exame.

3-) Infraestrutura

Quem quer passar em medicina precisa ter um suporte específico.

Precisa de salas de aula apropriadas, para melhor adquirir o conteúdo.

Precisa ainda de salas de descanso adequadas, para poder retomar os estudos revigorado.

Mas, antes de mais nada, necessita de uma infraestrutura que não está apenas na questão predial.

Necessita de algo que vá além do espaço físico e que diga respeito à:

equipe de orientação pedagógica,

equipe de orientação educacional,

a um coach que direcione os estudos, ou retome com os alunos as metas que, ao longo do ano, vão sendo construídas.

Aluna da Oficina entra em 6 faculdades públicas de medicina

4-) Simulados

Para quem quer ser aprovado em medicina é indispensável a realização maciça de simulados.

Não existe talvez. O aluno tem que treinar, tem que saber que este ano é um ano de treinamento. Um ano em que ele vai se dedicar não só aos estudos em sala, mas treinar as questões dessas provas para que consiga se destacar.

Por isso, todas as semanas, a Oficina tem simulados dos principais vestibulares do País.

Tem ainda provas específicas para medicina, a fim de que o vestibulando tenha uma preparação mais efetiva a respeito.

Devido a isso, ele pode concorrer de igual para igual, e, principalmente, destacar-se nesses vestibulares.

Como a Oficina do Estudante vai te ajudar a ser aprovado em medicina

Finalmente, uma aprovação em um curso tão concorrido como é o de medicina depende, principalmente, da força de vontade desse candidato em ser aprovado.

Depende muito do empenho dele em dedicar-se às atividades propostas.

E, certamente, depende ainda do repertório de estudo que ele vai acumulando, que vai construindo ao longo do período de preparação.

E a Oficina do Estudante tem um arcabouço, um preparo todo especial para conduzi-lo durante essa etapa preparatória decisiva.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.